quarta-feira, 13 de agosto de 2014

"Quero viver em paz!": garota narra no Twitter seu dia a dia em Faixa de Gaza

Aos 16 anos, Farah Baker transformou rede social em um diário aberto.
A foto de perfil é uma selfie mostrando os olhões azuis. Até aí, normal para uma menina no auge de seus 16 anos. Mas Farah Baker está longe de ser uma adolescente com uma vida convencional. No próprio perfil do Twitter, ela se descreve como uma garota "moderna" da Palestina.
A jovem Farah Baker sente diariamente o drama de viver bem no meio do conflito da Faixa de Gaza. Você já deve ter escutado falar sobre ele na escola, nos telejornais... Na vida! Mas, apesar de o assunto estar sendo muito discutido, nem todo mundo entende realmente o que está acontecendo por lá. Foi por isso que Farah decidiu narrar as suas experiências pessoaos no Twitter e mostrar ao mundo como é morar na Palestina atualmente. 
De 800, Farah passou para 190.000 seguidores! Em seus tweets, ela conta como é escutar o toque de recolher, como é ver as pessoas lutando desesperadamente por suas vidas, e posta fotos tiradas por ela mesma. Farah dá detalhes sobre o conflito para "fazer outras pessoas sentirem como se elas também estivesse passando por isso".
Os depoimentos que mais impressionam são aqueles que contam a realidade dos hospitais da Cidade de Gaza. Os detalhes ficam por conta do pai de Farah, que é cirurgião no hospital Shifa, pertinho de sua casa.
A garota se inspira muito em Anne Frank e, apesar dos tweets mostrando a destruição de Gaza, ela ainda carrega consigo uma pontinha de esperança de que tudo vai melhorar. "Queria gritar: 'quero viver em paz!'", declarou em entrevista para o jornal El País.

Para incentivar os seguidores, Farah criou as hashtags #GazaUnderAttack e #GazaUnderFire, que você também pode usar e entrar na luta contra os conflitos cruéis na Faixa de Gaza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário